Entre em contato
Fale conosco pelo WhatsApp

Gestão de EPI: qual sua importância?

Homens trabalhando em construção civil utilizando equipamentos de proteção individual (EPI)
Imagem meramente ilustrativa (Banco de imagens: Shutterstock)
Por: Publicado em 08/08/2023

Entenda a importância da gestão de EPI: uma estratégia usada por empresas para proteger a saúde e a segurança de seus funcionários

A gestão de EPI (Equipamento de Proteção Individual) é essencial para garantir a segurança dos colaboradores e prevenir acidentes de trabalho. Além disso, falhas nesse processo podem resultar em problemas trabalhistas, violação de normas e multas, prejudicando tanto os contratados quanto as empresas contratantes.

O uso de EPI é fundamental, mas não é suficiente. Nesse sentido, a gestão de EPI desempenha um papel importante e decisivo na execução de atividades, minimizando os riscos ao máximo possível.

Entre em contato com a LOMAQ

O que é a gestão de EPI?

A gestão de EPI é um conjunto de medidas que visa gerenciar e controlar o uso, a manutenção, o armazenamento e a reposição dos equipamentos de proteção individual utilizados pelos funcionários.

Trata-se de uma estratégia crucial e eficiente para as empresas, garantindo a segurança e a saúde dos trabalhadores em seus ambientes de trabalho.

Qual a importância da gestão de EPI?

A importância da gestão de EPI reside exclusivamente em garantir a segurança, saúde e integridade física dos colaboradores. Para isso, a verificação e a identificação de riscos, a utilização de equipamentos adequados, o treinamento e a capacitação dos funcionários, o controle de qualidade e a manutenção são partes fundamentais.

Como realizar a gestão de EPI?

Ela pode ser realizada seguindo algumas etapas importantes:

  • Identificar riscos, realizar análises e selecionar equipamentos de proteção adequados para cada situação;
  • Selecionar EPIs conforme as atividades que serão desenvolvidas, considerando os riscos identificados;
  • Treinar e capacitar os colaboradores para a correta utilização e manutenção dos EPIs;
  • Controlar rigorosamente os EPIs, desde sua distribuição, utilização, manutenção e descarte;
  • Testar os EPIs de forma eficiente e apropriada, realizando testes com os equipamentos antes de disponibilizá-los aos colaboradores.

O que diz a legislação?

A NR06, Norma Regulamentadora, é responsável por estabelecer a execução do trabalho com uso de EPI. Para que uma empresa possa realizar uma gestão de EPI assertiva, é necessário seguir a lista, prevista na lei, de equipamentos específicos para proteção facial, cabeça, olhos, ouvidos, sistema respiratório, tronco e todo o corpo contra queda.

Alguns exemplos de itens que jamais poderão faltar são: cinturão de segurança, dispositivo trava-queda, vestimentas, uniformes, calçados, braçadeira, capuz, entre outros.

O EPI deve ser entregue ao colaborador e/ou empregado sem nenhum ônus, de acordo com sua atividade, e deve estar em perfeitas condições de uso. Também é importante lembrar que a responsabilidade pela recomendação do uso dos EPIs é do empregador, que deve realizar avaliações periódicas para garantir sua eficácia.

No entanto, a proteção do trabalhador só será efetiva se ambas as partes cumprirem suas atribuições para garantir um ambiente mais seguro.

Entre em contato com a LOMAQ

Ferramentas que podem ser utilizadas na gestão de EPI

Existem ferramentas, como softwares, que podem ser utilizadas na gestão de EPI, fornecendo uma série de dados sobre o uso desses dispositivos e viabilizando ações cruciais para a administração eficiente dos recursos. Essas ferramentas incluem controle de entregas, devoluções e descarte de equipamentos, materiais e ferramentas, controle geral de estoque e cadastro de funcionários e profissionais.

Para automatizar todos os processos, digitalizar fichas de EPIs, os softwares de gestão de EPI oferecem opções de assinatura por senha, leitor de QR Code ou biometria.

Os colaboradores podem solicitar seus EPIs por meio de aplicativos em dispositivos móveis, como celulares, de maneira rápida e eficaz. Além disso, o contratante também pode acessar o sistema de gestão de EPI via celular para verificar planilhas, relatórios e realizar todo o controle a distância.

Não encontrou o que procura?

Entre em contato conosco, que podemos te ajudar!

    x