Fale conosco pelo WhatsApp

Escoramento de laje: entenda como é feito

Imagem de escoramento de laje com pessoa no fundo vistoriando
Imagem meramente ilustrativa (Banco de imagens: Shutterstock)
Por: Publicado em 25/06/2021

A técnica visa garantir estabilidade e sustentação ao teto, logo, deve ser feito de forma correta evitando problemas estruturais em uma obra

O escoramento de laje é de extrema importância nos canteiros de obras, uma vez que esse procedimento tem como principal objetivo garantir a sustentação do teto e a segurança de todos os profissionais envolvidos.

Esse procedimento é uma estrutura de suporte provisório formada por escoras pontuais ou torres intertravadas, interligadas por longarinas ou vigas principais que servem de apoio para as transversinas, ou vigas secundárias, colocadas para aguentar sua própria carga de peso até que o concreto esteja resistente.

Geralmente, o escoramento de laje é utilizado dentro da construção civil, e é feito para suportar grandes pesos e cargas, assegurando que haja muito mais economia e o nivelamento correto da obra.

Quais são os tipos de escoramento de laje?

Podemos encontrar dentro das obras dois tipos de escoramento de laje, o de metal e o de madeira. Confira as características de cada um deles:

Escoras metálicas para laje

Esse tipo de escoramento de laje é o mais tradicional e tem como principal objetivo garantir uma montagem rápida, fácil e flexível, já que elas são superleves, resistentes e práticas. Suas escoras são feitas de metal e utilizadas para realizar o nivelamento correto, além de garantir toda resistência e a preservação do meio ambiente.

Um dos benefícios de utilizar esse tipo de escoramento é que com ele é possível reciclar esse tipo de material quando sua vida útil estiver no final.

Existem dois regulamentos para esse tipo de escoramento metálico, estabelecidos pela Norma Regulamentadora (NR 15696):

  • Regulagem grossa de escoras metálicas: os pinos inseridos nos furos do tubo telescópico;
  • Regulagem fina: é desenvolvida na luva de regulagem.

Além disso, os escoramentos de laje metálica precisam ser fabricados com uma variação de altura regulada entre 1,6 e 4 metros.

Escoras de madeira

Esse tipo de escoramento de laje levanta diversos quesitos importantes, um deles é a preservação dos recursos naturais, uma vez que ele é fabricado com madeira. Outro ponto que vale destacar é a preocupação em utilizar matérias-primas certificadas e com corte controlado para se enquadrar em todas as leis e normas.

O procedimento necessita de muito mais tempo para ser aplicado, já que existe a preocupação com os riscos de deformação e tem o tempo de vida útil muito menor que a estrutura metálica.

Para a fabricação do escoramento de laje com a utilização desse material é preciso a utilização de dois tipos específicos de madeira:

  • Madeira em bruto: pode ser cortada ou não, e precisa seguir o que determina a NBR 7190;
  • Madeira industrializada: indicada para garantir controle de umidade, de temperatura e por serem ensaiadas, conforme o que diz a NBR 9532.

Importância do escoramento de laje

O escoramento é essencial dentro da construção civil para garantir toda segurança e tranquilidade na hora da realização da obra. Esse tipo de estrutura é tão importante que para a sua construção é necessário um profissional especializado para proporcionar a quantidade e o posicionamento correto de cada peça.

Cuidados com o manuseio e a utilização

Como citamos, além de ele precisar ser realizado por um profissional especializado, o seu manuseio e utilização precisam de cuidados específicos. Por isso, é fundamental que o canteiro de obras se apresente limpo e organizado para garantir o nivelamento antes de construir as escoras, seja ela de metal ou madeira.

Existem outros cuidados importantes que precisam ser tomados durante o manuseio destes equipamentos:

  • Inspeção obrigatória dos suportes e escoras antes e durante a concretagem;
  • Desligar as redes elétricas durante a sua montagem;
  • Utilizar os equipamentos de proteção seguindo as normas regulamentadoras;
  • Adotar medidas para o travamento das escoras nos dois sentidos;
  • Isolar a área em que será realizada a concretagem;
  • Instalar pranchas de madeiras com o apoio sobre as armações para permitir a circulação segura dos profissionais;
  • Evitar o descarregamento de concreto em um único local;
  • Sinalizar a região adequada.

Vantagens em alugar o escoramento de laje

A locação de escoras de laje possui diversas vantagens para a equipe empreiteira e para construção, uma vez que fazer desta forma gera um custo muito menor, favorecendo a economia e redução dos custos relacionados à obra como um todo.

Além disso, vale ressaltar que esse tipo de procedimento é realizado em momentos específicos da obra, e não vale o custo para a sua aquisição. Por isso, a sua locação oferece maior praticidade e tranquilidade.

A sua manutenção também é um aspecto que deve ser levado em consideração, pois quando locado o equipamento toda a preocupação e responsabilidade com material é de responsabilidade do locatário.

A Lomaq é uma das principais opções na hora de pensar em locação de escoramento de laje, já que possuímos 50 anos de experiência no mercado de construção civil e especializados neste tipo de modalidade.

Com uma vasta experiência e conhecimento, a Lomaq oferece soluções inteligentes e que atendem todas as normas regulamentadoras e segurança dentro deste tipo de segmento.

Quer saber mais sobre o escoramento de laje disponível na Lomaq? Entre em contato conosco ou preencha o formulário de solicitação para que um de nossos profissionais possa te ajudar.